Há alguns anos uma amiga do trabalho sofria com insônia. Ela vinha trabalhar cansada, irritada, e isso piorava naqueles dias que todas nós conhecemos bem. Um belo dia, notei que ela já não se queixava mais disso e perguntei o que ela havia feito e, para minha surpresa, ela tinha incluído em seu dia a dia um suplemento alimentar a base dessa pequena fruta chamada amora.

Algumas pesquisas sugerem que a amora traz grandes benefícios à nossa saúde, como melhorar a qualidade do sono devidos aos polifenóis; o consumo de amoras ajuda a diminuir o tempo necessário para adormecer e aumenta a duração do sono; além disso, a amora também contém melatonina, um hormônio natural liberado pelo cérebro que regula o ciclo sono-vigília, ou seja, melhora a qualidade do sono, especialmente em pessoas com dificuldade para dormir.

O consumo de amoras ajuda a diminuir o tempo necessário para adormecer e aumenta a duração do sono.

A amora também é uma fruta rica em antioxidantes e nutrientes, possuindo propriedades anti-inflamatórias e anti-cancerígenas. Pesquisas sugerem que os polifenóis também trazem benefícios para a saúde da mulher durante a menopausa, incluindo a redução dos seus sintomas, como ondas de calor e sudorese noturna. Além disso, esses mesmos polifenóis podem ajudar as mulheres que ainda não entraram na menopausa, aliviando os sintomas da TPM (síndrome pré-menstrual), como cólicas, inchaço, mudanças de humor, dores de cabeça e fadiga.

Quem diria que essa pequena fruta poderia ser tão benéfica assim, principalmente para nós mulheres!

É importante lembrar que esses estudos estão em fase inicial, e mais pesquisas são necessárias para comprovar os benefícios da amora em nossa vida. Seja sono, TPM ou menopausa, sempre procure seu médico para saber o tratamento mais recomendável para o seu caso.